Foto: Emanuel Mendes/Ascom Manaus F.C.

Em jogo emocionante, CSA empata com o Manaus e avança na Copa do Brasil

Um teste para cardíacos, assim pode ser definida a partida entre Manaus e CSA válida pela primeira fase da Copa Continental do Brasil. O placar final foi de 2 a 2 com a vaga assegurada pelo Azulão, mas a história da partida vai muito além dos números.

O Manaus abriu o placar com Deurick aos 35’ do primeiro tempo e pouco tempo depois o CSA chegou ao empate com o atacante Giva, depois de jogada construída pela esquerda e lançamento de Didira.

A segunda etapa foi o momento das grandes emoções. Primeiro, aos cinco minutos, o goleiro Jonathan, do Manaus, se chocou com o zagueiro Deurick, desmaiou em campo e precisou ser levado pela ambulância até um hospital. Com isso, o jogo ficou paralisado por mais de 20 minutos até que a unidade móvel voltasse para a Arena da Amazônia.

Retornado o jogo, o Manaus chegou ao segundo gol com Hamilton, aos 43’, 13 minutos após a volta da partida. O jogador na comemoração tirou a camisa e tomou o segundo amarelo, sendo expulso.

Daí por diante foi pressão total do CSA, que chegou ao empate aos 62’, com Leandro Souza, de cabeça, após escanteio cobrado por Rafinha. Com a classificação encaminhada, o time azulino passou a administrar o placar, mas no último minuto a arbitragem marcou pênalti para o time da casa.

Então veio o momento mais emocionante da partida. O goleiro Mota acertou o canto e defendeu a cobrança de Nena, classificando o CSA para a segunda fase da Copa do Brasil para delírio total da Nação Fantástica Azulina.

O Azulão agora enfrenta o São Paulo, no Estádio Rei Pelé, em partida única, marcada para a próxima quarta-feira (14), às 21h45 (horário de Brasília). Desta vez, não há vantagem para nenhum dos times. Em caso de empate, a partida vai para os penaltis. 


Leia Também