Foto: Rcortez / CSA

Conselho Deliberativo aprova mudanças no Estatuto do clube

Em reunião extraordinária realizada nesta quinta-feira, o Conselho Deliberativo do CSA aprovou mudanças no estatuto social do clube. A principal delas é a da possibilidade de um mandato de quatro anos para a presidência, vice-presidência, superintendências administrativa e de esportes e presidência do Conselho, permitida a recondução uma única vez. 

A maioria dos conselheiros presentes no encontro também optaram pela vedação à eleição do cônjuge e parentes consanguíneos ou afins, até o segundo grau ou por afinidade do presidente ou dirigente máximo da entidade. A mesa foi composta pelos conselheiros Omar Coêlho, Lumário Rodrigues e Clístenes Lessa, que elaborou o parecer aprovado em assembleia juntamente a Walmar Peixoto e Antônio Henrique.

As mudanças aprovadas nesta quinta obedecem a recomendações da portaria 224 do Ministério dos Esportes e também do Profut.

O Azulão tem eleições presidenciais marcadas para o fim do ano. A expectativas é de que elas sejam realizadas até a primeira quinzena de dezembro.


Leia Também